Скачать шаблон Joomla с JooMix.org

CNJ e Ministério da Saúde discutem parceria para subsidiar decisões judiciais

18 Abril 2015 K2_ITEM_AUTHOR 

Membros do Fórum Nacional do Judiciário para a Saúde do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) reuniram-se com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, nesta sexta (3/6), para discutir parceria entre os órgãos na implantação em todo o Brasil dos Núcleos de Apoio Técnico do Poder Judiciário (NATs). 

 

Os núcleos são formados por especialistas e têm como objetivo subsidiar os magistrados na tomada de decisões nas questões relacionadas ao direito à saúde e estão previstos na Recomendação nº 31 do CNJ. Atualmente, existem cerca de 78 NATs distribuídos em 19 dos 27 tribunais, mas que ainda funcionam de forma incipiente. A recomendação do CNJ é para que os núcleos sejam implantados em todas Cortes estaduais e regionais federais.

O supervisor do Fórum, conselheiro Arnaldo Hossepian, explica que a ideia também é fomentar a estruturação dos núcleos, com a participação de profissionais de saúde, das universidades públicas e dos centros de excelência com ênfase nos serviços técnicos para auxiliar o juiz no exercício da jurisdição. “Em uma área tão aguda, em que qualquer uso inadequado do orçamento prejudica usuários do sistema público, a decisão precisa ser bem fundamentada”, declarou o conselheiro.

O ministro da Saúde afirmou que dará todo o apoio na expansão dos núcleos e defendeu a busca por meios de evitar burocracia em excesso e garantir agilidade nos serviços. “É uma excelente iniciativa. Os procedimentos e medicamentos que estão fora da regulação do SUS e o que está incorporado ao sistema poderá ser avaliado por juízes com o auxílio de pareceres técnicos”, afirma Barros. 

Apoio – Ao receber a ação, o juiz pode encaminhar cópia da petição inicial e dos documentos ao NAT. O núcleo, então, fornece dados de suporte à análise. Confere pontos como se a medicação serve ao trato da doença e se existe opção de custo menor com o mesmo princípio ativo, por exemplo.

Hossepian ressaltou que o CNJ não interfere na jurisdição e que a proposta dos núcleos é conferir ao juiz de direito a possibilidade de obter, de forma célere, pareceres técnicos. Dessa forma, mesmo diante de parecer que indique improcedência do pedido, cabe ao magistrado decidir conceder ou não medicamento fora da lista do SUS, por exemplo. “Em uma área como essa, qualquer utilização do orçamento de forma inadequada acaba prejudicando um número maior de beneficiários do sistema de saúde”, assinalou. 

Base científica – Ampliar e integrar os núcleos permitirá criar um banco de dados nacional, com supervisão de institutos de excelência, segundo Giovanni Cerri, professor titular da Universidade de São Paulo (USP) e membro do Fórum. “À medida que as notas técnicas sejam emitidas, elas serão incluídas em um arquivo, mantido pelo CNJ, para pesquisa nacional, que evitará repetição de consultas”, detalhou. Segundo o professor, a ideia é organizar esse sistema e dar respaldo técnico aos juízes, de base científica.

Financiamento – Os membros do Fórum Nacional do Judiciário para a Saúde apresentaram opções de financiamento para a expansão dos núcleos. Uma fonte em estudo são recursos do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROAD) para eventuais pagamentos pelo trabalho envolvido na produção dos pareceres.

Litigiosidade – Desde 2010 houve um aumento de 727% nos gastos da União com ações judiciais para aquisição de medicamentos, equipamentos, insumos, realização de cirurgias e depósitos judiciais. De 2010 até maio de 2016, os custos totalizaram R$ 3,9 bilhões com o cumprimento das sentenças. Só neste ano já foram desembolsados R$ 686,4 milhões. Dos 20 medicamentos mais demandados por ações judiciais, 12 foram incorporados ao SUS entre 2014 e 2016.

 

Agência CNJ de Notícias com informações do Ministério da Saúde

5179 comentários 10399 K2_VIEWS

K2_COMMENT_ITEM

  • Book Reviews Book Reviews Sábado, 18 Abril 2015

    wow, awesome post.Much thanks again. Will read on

  • army surplus stores that sell paintball guns army surplus stores that sell paintball guns Sábado, 18 Abril 2015

    Major thankies for the post.Thanks Again. Awesome.

  • Justin Justin Sábado, 18 Abril 2015

    I used to be able to find good advice from your content.

  • Merissa Merissa Sábado, 18 Abril 2015

    Hi it's me, I am also visiting this site on a regular
    basis, this site is in fact good and the visitors are genuinely sharing good thoughts.

  • Laurence Laurence Sábado, 18 Abril 2015

    Great post. I will be facing a few of these issues as well..

  • Johnny Johnny Sábado, 18 Abril 2015

    I blog quite oftn and I seriously thank you for your information. Thhe article has really peaked my interest.
    I will bookmark your website andd keep checking
    for new information about once perr week. I opfed in ffor your RSS feed too.

  • Celeste Celeste Sábado, 18 Abril 2015

    Great post! We will be linking to this great content on our site.
    Keep up the good writing.

  • Maggie Maggie Sábado, 18 Abril 2015

    An interesting discussion is definitely worth comment.
    I do think that you ought to publish more about this issue, it may not
    be a taboo subject but usually folks don't talk about such issues.
    To the next! Best wishes!!

  • Keisha Keisha Sábado, 18 Abril 2015

    I have been browsing on-line greater than 3 hours today, yet I by no means found any interesting article like yours.
    It's pretty value sufficient for me. Personally, if all site owners and
    bloggers made just right content as you probably did, the internet can be much more helpful than ever before.

  • Kasey Kasey Sábado, 18 Abril 2015

    Hi there just wanted to give you a quick heads up. The words in your article seem to be running off the screen in Firefox.

    I'm not sure if this is a format issue or something to do with browser compatibility
    but I figured I'd post to let you know. The design look great though!
    Hope you get the problem fixed soon. Cheers

K2_LEAVE_YOUR_COMMENT

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Contato

Atendemos com hora marcada... Agende sua visita

  • 15 de novembro, n° 1.297, Cep 79002-141 - Campo Grande/MS
  • Tel: 67 3015-1501
  • Email: contato@cimabrasil.com.br
  • Skype: cimabrasil

Sobre nós

A CIMA BRASIL oferta o Curso de Capacitação e Formação Terceiros Facilitadores Mediação de Conflitos para todos as pessoas interessadas que vislumbram a necessidade de conhecimento prévio sobre a consolidação de um dos meios adequados de solução de conflitos, incentivando o aperfeiçoamento das técnicas utilizadas nas sessões de mediação.

Скачать шаблон Joomla с JooMix.org
We use cookies to improve our website. By continuing to use this website, you are giving consent to cookies being used. More details…