Скачать шаблон Joomla с JooMix.org

Conselheiro debate no Senado ações para reduzir a judicialização da saúde

18 Abril 2015 K2_ITEM_AUTHOR 

O conselheiro Arnaldo Hossepian, participou nesta semana, no Senado Federal, de seminário sobre o setor de saúde promovido pelo Instituto Coalizão Saúde e pela Associação Médica Brasileira (AMB). Supervisor do Fórum Nacional do Judiciário para a Saúde, o conselheiro e o juiz auxiliar da Presidência do CNJ, Walter Godoy, membro do colegiado, expuseram ações do conselho para reduzir a judicialização no setor e garantir assistência à saúde justa e equânime.

 

Entre as ações o conselheiro citou a recomendação de instalação de Núcleos de Apoio Técnico (NATs) formados por especialistas para subsidiar os magistrados na tomada de decisões em questões relacionadas ao direito à saúde. “Temos sensibilizado os tribunais para constituírem os NATs, compostos por profissionais especializados. Estamos certos de que iremos reduzir as demandas temerárias, para que o micro não prejudique o macro.”, afirmou.

Na avaliação do conselheiro, o rigor científico sobre as decisões judiciais contribui para que as finanças da rede pública sejam aplicadas em outros setores. “Se as demandas forem racionalizadas, o montante de dinheiro aliviará os orçamentos. A economia é automática, porque verbas que iriam para demandas temerárias seguem disponíveis para atender a população como um todo”, disse o conselheiro.

“Nossa primeira missão é produzir uma ferramenta para contemplar o juiz de modo rápido, quando ele lança uma decisão com impacto nas verbas dos órgãos de saúde”, disse. “É possível que a demanda seja temerária e o magistrado, desamparado de conhecimento técnico, tende a atender o pleito, por tratar-se da vida de alguém.”, observou.

O presidente do Instituto Coalizão Saúde, Cláudio Luiz Lottenberg, elogiou a formação do Fórum da Saúde e as ações do CNJ. “Houve sensibilidade de aproximar a comunidade médica, o que contribui para que não se postergue a questão da judicialização”, afirmou.

Agência CNJ de Notícia

s

9186 comentários 9507 K2_VIEWS

K2_COMMENT_ITEM

K2_LEAVE_YOUR_COMMENT

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Contato

Atendemos com hora marcada... Agende sua visita

  • 15 de novembro, n° 1.297, Cep 79002-141 - Campo Grande/MS
  • Tel: 67 3015-1501
  • Email: contato@cimabrasil.com.br
  • Skype: cimabrasil

Sobre nós

A CIMA BRASIL oferta o Curso de Capacitação e Formação Terceiros Facilitadores Mediação de Conflitos para todos as pessoas interessadas que vislumbram a necessidade de conhecimento prévio sobre a consolidação de um dos meios adequados de solução de conflitos, incentivando o aperfeiçoamento das técnicas utilizadas nas sessões de mediação.

Скачать шаблон Joomla с JooMix.org
We use cookies to improve our website. By continuing to use this website, you are giving consent to cookies being used. More details…